Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

#6

#6 Escrever sobre o que sinto falta

Confesso que sinto falta da preocupação de me acordarem com um certo "bom dia" e de me fazer adormecer com um conjunto de palavras reconfortantes. Gestos simples e atenciosos.
Sinto falta de chamadas bêbadas na madrugada feitas com o intuito de preencher o vazio que a noite lhe trouxera, que o álcool lhe proporcionara.
As saudades, os abraços... não é que me façam falta mas por vezes a sua ausência deixa-me pensativa e um tanto nostálgica.
Contudo também confesso que o facto de me encontrar nesta posição deriva da minha teimosia e do receio de me perder da rapariga que ainda não encontrei.
Não sinto falta de sentir um corpo próximo do meu, sinto falta de sentir uma outra aula a fundir-se com a minha, a ligação espiritual entre dois humanos.
"Fica com quem te despe a alma", não consigo. Entretanto fico com quem me despe a roupa, fico com quem não me faz sentir falta de algo por causa da sua ausência.
Entretanto fico comigo.

0 comentários:

Enviar um comentário