Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

Impulsos de prazer

Ando a pensar em que uma noite destas talvez te deixe mostrar a maneira de como o fazes ou então assumo-te meu e mostro-te o caminho.
Uma noite destas quero saborear-te como um bom e caro vinho importado, lentamente de modo a não deixar escapar coisa alguma, para na noite a seguir acordar com uma leve dor de cabeça e um agradável arrependimento.
Nessa noite vamos deixar de lado os jogos e as provocações, não vamos gastar o tempo, vamos ser só tu e eu despidos de qualquer preconceito, de qualquer receio.
E, oh por favor, salta o jantar, os elogios, as conversas em que me tenho que fingir interessada sobre as memórias de infância, o trabalho e os problemas pessoais mesquinhos, avança para a parte em que já não me preocupo minimamente com a maquilhagem borratada ou com o vestido completamente ébrio no chão.
Foca-te em mim e em todas as minhas curvas, não tenhas piedade nem compaixão. Nessa noite vou esvaziar a cabeça e ignorar o coração.
Vive uma noite em branco, uma noite que não irá existir após o final senão no nosso íntimo, vive-a comigo, sente-a comigo, partilha-a comigo.
Ando a pensar em que uma noite destas vou só ser tu e eu, só corpos, apenas impulsos de prazer.

0 comentários:

Enviar um comentário