Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

tenho pesadelos com o pôr do sol

Ai as saudades que eu tenho de te ver pelos corredores lá de casa, naquelas tuas camisas de seda que usas para dormir... sem te aperceberes vejo todos os traços dos meus sonhos nas estrias da tua pele que tanto dizes que odeias.
Todos os temas que me surgem pela cabeça quando me distraio no trabalho começam no teu sorriso e encontram fim nas noites em te despia e tornava-mos qualquer faísca num incêndio corporal.
Vêm ter comigo assim que baterem as horas de recolher... fazes-me falta.
Desde que foste embora que não durmo no nosso quarto... exato, era nossa e não apenas meu... volta que ainda te amo mesmo que tu ames outros homens... nem que só me voltes a beijar ao escuro para enganar os teus desejos mais íntimos.
Volta, nem que venhas para me chamar o nome errado...
AI AS SAUDADES,... que eu tenho do pôr do sol que nunca vi por estar trancado num quarto contigo a ver as maravilhas da natureza nos teus lábios.
Agora vejo-o todos os dias e tenho pesadelos.  

1 comentários