Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

fora d'horas

Já passei a fase de sentir a tua pele como se cada toque fosse o primeiro, neste momento todos eles são primitivos e já só os desejo para te sentir mais presente, para me sentir menos ausente. Já nem creio no respeito que possas ter pelo meu corpo, quero que me possuas, que me assumas como tua esta noite, mas não te atrevas a dormir na minha cama.
Já passámos todas aquelas fases inicias do "quero conhecer-te melhor", "quero amar-te também vestida", acabámos por nos tornar amantes durante a noite e amigos que se tocam vezes de mais para se ignorarem à luz do dia.
Desligo o telemóvel quando me deito para não existirem conversas durante a madrugada, para não adormeceres no meu pensamento. Tudo em vão. Os lençóis estão frios sem ti e incomodam-me. A que horas chegas a casa para te aconchegar?
Há dias que sonho contigo... acordo sempre um pouco assusta por esporadicamente achar que para mim ainda há tempo e por ter a certeza que tu vagueias fora de horas.


1 comentários

  1. Gostei tanto do texto é tão bonito acho que deves continuar escrever.
    Beijinhos!
    http://grandesonhadorablog.blogspot.pt

    ResponderEliminar