Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

Desprende-te

Desprende-te de mim, está um dia tão bonito para se viver sozinho e o tempo promete uma noite tão quente para se descobrirem todas as ruas que ainda não conheço, todas as caras embriagadas e todas as suas aventuras.
Despede-te de mim sem a típica melancolia do adeus, sem partires com a ideia que nos voltaremos a encontrar num futuro próximo.
Deixa-me apenas as recordações do que foi um romance eterno sem chama, deixa-me as conversas em que conheci o teu lado mais puro e vulnerável, deixa-me as horas e os minutos de cada abraço em que me fiz acreditar que não teríamos um fim.
Antes de partires, devolve-me o sorriso e as gargalhadas que me roubaste e substituíste com um olhar de preocupação pesado pelas noites mal dormidas, devolve-me os lábios por cada beijo roubado, devolve-me a tranquilidade do mundo que levaste contigo desde o primeiro encontro.
Deixa-me só e apta para viver todas as histórias que o vento me sussurra ao ouvido quando pensamos que a noite morreu e que está na hora de ir para casa.

0 comentários:

Enviar um comentário