Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

Problemas

Preciso de um bom desabafo na companhia de um maço.
Preciso de noites calorosas, de estrelas sobre a minha cabeça, de fumo diante os meus olhos.
Preciso de gargalhadas e álcool nas veias.
E no fundo, preciso de ti.
O problema é que a minha única companhia é a voz na minha cabeça e o tabaco está escasso.
O problema é que a roupa incomoda-me quando estás presente e só a consigo imaginar espalhada no chão e tu espalhado no meu corpo.
O problema são as partidas da vida e a distância que mantém quem me faz rir longe demais para afastar os desgostos e as lágrimas que ultimamente se têm mostrado teimosas.
O problema é o cansaço que me impede de combater o comodismo, de sair de mim.
O problema sou eu, que insisto em sonhos, que insisto com pessoas, que insisto em palavras.
Os sonhos já não me entusiasmam, na verdade assustam-me.
As pessoas foram ou estão em risco de ir embora sem qualquer explicação mas com todos os seus motivos.
As palavras já não têm significado assim como eu também vou perdendo o pouco que significo.

0 comentários:

Enviar um comentário