Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

Explora-me apenas

Sempre pensei que um copo cheio me ia deixar o coração mais vazio, no entanto estou prestes a explodir.
E, no que é uma existência insignificativa, acabo sempre por dar mais corpo do que alma e não consigo receber amor, nem retribuir.
Explora-me esta noite e esvazia-me a mente, explora-me da mesma maneira que me exploras quando me fazes perder o fôlego, cruzar as pernas e desejar um cigarro.
Explora-me e deixa-me fingir que a chama é duradoura e ardente e ao mesmo tempo não me dês razões para fingir e faz-me sentir mais do que o teu físico no meu.
Mente-me como o teu tocar, toca-me como se esta mentira brincasse com a eternidade e o prazer por uma noite.
Prende-me à vida com um sentimento fingido movido por uma atração constante, por uma troca de olhares, por uma troca de sorrisos, por uma troca de inocências pouco inocentes.
Sente, mas mente, não o sintas e faz-me sentir.
Explora-me apenas.

0 comentários:

Enviar um comentário